22.11.06

 

When the Deal Goes Down
(Modern Times)
Quando o Negócio Acabar


Na quietude da noite, na luz antiga do mundo
Onde a sabedoria cresce em meio ao conflito
Meu cérebro de confusão, trabalha em vão
Através da escuridão nos caminhos da vida
Cada prece invisível é como uma nuvem no ar
O amanhã continua aparecendo
Nós vivemos e nós morremos, não sabemos por que
Mas eu estarei com você quando o negócio acabar

Nós comemos e nós bebemos, nós sentimos e nós pensamos
Bem lá embaixo da rua nos perdemos
Eu rio e eu choro e estou assombrado por
Coisas que nunca achei ou desejei dizer
A chuva da meia-noite segue o trem
Todos usamos a mesma coroa de espinhos
Alma para alma, nossas sombras rolam
E eu estarei com você quando o negócio acabar

Bem, a lua dá luz e brilha a noite
Quando mal sinto o brilho
Nós aprendemos a viver e então perdoamos
Na estrada que estamos destinados a tomar
Mais frágeis que as flores, estas horas preciosas
Que nos mantém tão fortemente unidos
Você vem aos meus olhos como uma visão dos céus
E eu estarei com você quando o negócio acabar

Bem, apanhei uma rosa e ela me cutucou através de minhas roupas
Eu segui o riacho cheio de curvas
Eu ouvi o barulho ensurdecedor, eu senti as alegrias passageiras
Eu sei que não são o que parecem
Neste domínio terreno, cheio de desapontamento e dor
Você nunca me verá franzir o rosto
Eu devo meu coração a você, e isso é declará-lo verdade
E eu estarei com você quando o negócio acabar

(Bob Dylan, 2006)

Comments: Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?