30.9.07

 

O Livro Está Na Net
The Book Is On The Net
Sergio Pinheiro Lopes


A versão completa do meu último livro, Peneira do Tempo, está disponível, gratuitamente, na lista de links ao lado, ou no próprio título desta postagem, é só clicar.

 

Laerte



 

Volver
Carlos Gardel
1935



 

Muro Antigo
Ancient Wall
Philip Guston
1976



 

Alojamentos Subterrâneos em Beijing
Underground housing in Beijing



 

All About Simon
Joe Zawinul Syndicate


:

 

O Problema Técnico
The Glitch
Mike Samonek




Em inglês, sem legendas.
***
In English, no subtitles.

 

História do Jazz
Jazz History
No Blues
Miles Davis
1964



 

Poemas 124
Poems 124


Soledade de Minas
Eustáquio Gorgone de Oliveira


Esta moça bonita espera o namorado
Todos os domingos.
Ele não vem porque mora longe
E não sabe que ela guarda fios de ouro
Para um simples casamento.
Assim evaporaram-se as semanas e meses
e ela faz novos vestidos de baile
Mas o seu calor diminui um pouco.
Ele não vem. Talvez, quem sabe,
A chuva possa trazê-lo nos relâmpagos
E sua mãe aceitar até um louco.
Haveria uma festa sem requintes
(para que o eco do foguete se ele se perde?)
E em trajes brancos ela sorriria
Com seus lábios e unhas vermelhos.


29.9.07

 

O Livro Está Na Net
The Book Is On The Net
Sergio Pinheiro Lopes


A versão completa do meu último livro, Peneira do Tempo, está disponível, gratuitamente, na lista de links ao lado, ou no próprio título desta postagem, é só clicar.

 

Laerte



 

Cidade Subterrânea em Beijing
Beijing Underground City




Em italiano com legendas em inglês.
***
In Italian with English subtitles.

 

Adeus
Farewell
August Macke
1914



 

As The Years Go Passing By
Albert King & Rory Gallagher




 

Hero
Billy Kirkwood




Curta escocês.
Em inglês, sem legendas.
***
Scottish short.
In English, no subtitles.

 

Masacre de Trelew - La Fuga del Penal




Em espanhol, sem legendas.
***
In Spanish, no subtitles.

 

História do Jazz
Jazz History
Egyptian Danza/
Race With Devil on Spanish Highway
Al Di Meola



 

Poemas 123
Poems 123


Render, Render
Thomas Lux

Boil it down: feet, skin, gristle,
bones, vertebrae, heart muscle, boil
it down, skim, and boil
again, dreams, history, add them and boil
again, boil and skim
in closed cauldrons, boil your horse, his hooves,
the runned-over dog you loved, the girl
by the pencil sharpener
who looked at you, looked away,
boil that for hours, render it
down, take more from the top as more settles to the bottom,
the heavier, the denser, throw in ache
and sperm, and a bead
of sweat that slid from your armpit to your waist
as you sat stiff-backed before a test, turn up
the fire, boil and skim, boil
some more, add a fever
and the virus that blinded an eye, now's the time
to add guilt and fear, throw
logs on the fire, coal, gasoline, throw
two goldfish in the pot (their swim bladders
used for "clearing"), boil and boil, render
it down and distill,
concentrate
that for which there is no
other use at all, boil it down, down,
then stir it with rosewater, that
which is now one dense, fatty, scented red essence
which you smear on your lips
and go forth
to plant as many kisses upon the world
as the world can bear!

28.9.07

 

O Livro Está Na Net
The Book Is On The Net
Sergio Pinheiro Lopes


A versão completa do meu último livro,
Peneira do Tempo, está disponível, gratuitamente, na lista de links ao lado, ou no próprio título desta postagem, é só clicar.

 

Enquanto isso, em Mônaco...
Maurício Ricardo



 

Concert des Soeurs
Mahsa & Marjan Vahdat




Grupo iraniano em persa.
Paris, 2007.
***
Iranian group in Persian.
Paris, 2007.


 

Interior Grego
Greek Interior
Markus Lupertz
1986



 

Cronica de un Delirio
Luciano Jerez




Curta boliviano.
Em espanhol, sem legendas.
***
Bolivian short.
In Spanish, no subtitles.

 

Adios Nonino
Astor Piazzolla Quinteto



 

23/12/1975 - Monte Chingolo (2)




Em espanhol, sem legendas.
***
In Spanish, no subtitles.

 

História do Jazz
Jazz History
I Remember Clifford
Art Blakey &
The Jazz Messengers




Com Lee Morgan, Benny Golson, Bobby Timmons e Jymie Merritt.
1958.
***
With Lee Morgan, Benny Golson, Bobby Timmons and Jymie Merritt.
1958.

 

Poemas 122
Poems 122


O Abrealas
Edimilson de Almeida Pereira


Tudo nos rejeita.
Houve angústia, tua floresta de nãos
quis no entanto removê-la.
Tardos, criaremos coisas mortas
mesmo que o sol permaneça. Cresce
com o dia nossa hesitação.
Então nos ferimos.
Quando soubermos essa dor
muito grandes para a vida e a morte
andaremos num desfile.
Não fingiremos. Chegaremos
ao sentido de nós mesmos como um
corpo que se abre noutro corpo.


27.9.07

 

O Livro Está Na Net
The Book Is On The Net
Sergio Pinheiro Lopes


A versão completa do meu último livro, Peneira do Tempo, está disponível, gratuitamente, na lista de links ao lado, ou no próprio título desta postagem, é só clicar.

 

Mundo
Maurício Ricardo



 

Dançarina Cubana
Cuban Dancing Girl



 

A Igreja em Moret
The Church at Moret
Alfred Sisley
1894



 

Sonata
Ryan McDougal




Um curta de animação canadense.
***
A Canadian animation short.

 

El Dia Que Me Quieras
Carlos Gardel




Versão completa.
1935.
***
Complete version.
1935.

 

23/12/1975 - Monte Chingolo (1)




Em espanhol, sem legendas.
***
In Spanish, no subtitles.

 

História do Jazz
Jazz History
Parliament Funkadelic
George Clinton



 

Poemas 121
Poems 121


So you want to be a writer?
Charles Bukowiski


if it doesn't come bursting out of you
in spite of everything,
don't do it.
unless it comes unasked out of your
heart and your mind and your mouth
and your gut,
don't do it.
if you have to sit for hours
staring at your computer screen
or hunched over your
typewriter
searching for words,
don't do it.
if you're doing it for money or
fame,
don't do it.
if you're doing it because you want
women in your bed,
don't do it.
if you have to sit there and
rewrite it again and again,
don't do it.
if it's hard work just thinking about doing it,
don't do it.
if you're trying to write like somebody
else,
forget about it.

if you have to wait for it to roar out of
you,
then wait patiently.
if it never does roar out of you,
do something else.

if you first have to read it to your wife
or your girlfriend or your boyfriend
or your parents or to anybody at all,
you're not ready.

don't be like so many writers,
don't be like so many thousands of
people who call themselves writers,
don't be dull and boring and
pretentious, don't be consumed with self-
love.
the libraries of the world have
yawned themselves to
sleep
over your kind.
don't add to that.
don't do it.
unless it comes out of
your soul like a rocket,
unless being still would
drive you to madness or
suicide or murder,
don't do it.
unless the sun inside you is
burning your gut,
don't do it.

when it is truly time,
and if you have been chosen,
it will do it by
itself and it will keep on doing it
until you die or it dies in you.

there is no other way.

and there never was.

26.9.07

 

Dantesco
Dantesque
Sergio Pinheiro Lopes


Quanto a esta lamentável legislatura do Senado Federal, o modo mais eficaz de evitar decepções é perder de vez todas as esperanças.
Para o que é dantesco, Dante:
"Lasciate ogne speranza..."
***
As to this lamentable legislature of the Senate, the most efficient method of avoiding disappointments is to lose all hope once and for all.
For what is dantesque, Dante:
"Lasciate ogne speranza..."

 

Filme Queimado
Maurício Ricardo



 

Eu Danço Para Você
I Dance For You
Nazanin




Cantora iraniana canadense.
***
Iranian Canadian singer.

 

Resurrexit
Anselm Kiefer
1973



 

Suíte de Jazz Afro Cubana
Afro Cuban Jazz Suite
Chico O'Farrill



 

Estado de Sitio
State of Siege
Costa-Gravas




Pequeno trecho do filme.
Em espanhol, sem legendas.
***
A small part of the film.
In Spanish, no subtitles.

 

Tir Nan Og
Fursy Teyssier





Curta francês.
***
French short.


 

História do Jazz
Jazz History
One O'Clock Jump
Count Basie & Clark Terry




Count Basie, piano; Wardell Gray, sax tenor; Buddy DeFranco, clarinete; Clark Terry, trumpete.
***
Count Basie, piano; Wardell Gray, tenor sax; Buddy DeFranco, clarinet; Clark Terry, trumpet.

 

Poemas 120
Poems 120


Blues
Elizabeth Alexander


I am lazy, the laziest
girl in the world. I sleep during
the day when I want to, 'til
my face is creased and swollen,
'til my lips are dry and hot. I
eat as I please: cookies and milk
after lunch, butter and sour cream
on my baked potato, foods that
slothful people eat, that turn
yellow and opaque beneath the skin.
Sometimes come dinnertime Sunday
I am still in my nightgown, the one
with the lace trim listing because
I have not mended it. Many days
I do not exercise, only
consider it, then rub my curdy
belly and lie down. Even
my poems are lazy. I use
syllabics instead of iambs,
prefer slant to the gong of full rhyme,
write briefly while others go
for pages. And yesterday,
for example, I did not work at all!
I got in my car and I drove
to factory outlet stores, purchased
stockings and panties and socks
with my father's money.
To think, in childhood I missed only
one day of school per year. I went
to ballet class four days a week
at four-forty-five and on
Saturdays, beginning always
with plie, ending with curtsy.
To think, I knew only industry,
the industry of my race
and of immigrants, the radio
tuned always to the station
that said, Line up your summer
job months in advance. Work hard
and do not shame your family,
who worked hard to give you what you have.
There is no sin but sloth. Burn
to a wick and keep moving.
I avoided sleep for years,
up at night replaying
evening news stories about
nearby jailbreaks, fat people
who ate fried chicken and woke up
dead. In sleep I am looking
for poems in the shape of open
V's of birds flying in formation,
or open arms saying, I forgive you, all.

25.9.07

 

Laerte



 

Polícia Fora da Lei
Cop Breaks The Law




Em inglês, sem legendas.
***
In English, no subtitles.

 

Espíritos Fraternos
Kindred Spirits
Asher B. Durand
1849



 

Entrevista Incrível
Amazing Interview
Timothy Leary




Em inglês, sem legendas.
***
In English, no subtitles.

 

Cuban Fusion Salsa
Ricardo & Patty



 

Ajedrez
Alonzo Zarzycki & Karim Valle




Curta boliviano.
***
Bolivian short.

 

História do Jazz
Jazz History
Hound Dog
Big Mama Thornton & Buddy Guy
1965



 

Poemas 119
Poems 119


Brinquedo
Clarissa Reis

Guardo no bolso
apenas lembranças.
a silhueta da lua.
a ampulheta destruída.
a ratoeira já velha e
abandonada...
o som da tua voz
que faz eco e requebra
com o repeteco das águas.
o brinquedo frio
pela fúria do vendaval.
o pinheiro tombado
o meu sono... que vem levar...

24.9.07

 

Laerte



 

Raul de Souza & Zimbo Trio



 

Ushimachi, Takanawa
Hiroshige Ando
1857



 


Sergio Pinheiro Lopes


Telha
Fora do lugar
Chuva de
Verão no inverno
Chuveiro quebrado
Goteira
De
Uma
Gota

Mar não rejeita
Rio

 

His Dreams
by Joe Lovano with George Mraz &
Al Foster



 

Smoke City
Mario Tarradas, Edu Martín &
Victor Fernandéz




Curta espanhol com legendas em inglês.
***
Spanish short with English subtitles.

 

Marcel Marceau
1923-2007



 

Poemas 118
Poems 118


Good Night
Wilhelm Müller


I came as a stranger; as a stranger now I leave. The flowers of May once
welcomed me warmly; a young girl spoke of love, her mother even of marriage.
Now all is bleak--the pathway covered with snow.
The time of departure is not mine to choose; I must find my way alone in
this darkness. With the shadow of the moon at my side, I search for traces of
wildlife in the white snow.
Why should I linger and give them reason to send me away? Let stray hounds
howl outside their master's house. Love likes to wander from one to another,
as if God willed it so. My darling, farewell.
A quiet step, a careful shutting of the door so your sleep is not disturbed,
and two words written on the gate as I leave, "Good night," to let you know I
thought of you.

22.9.07

 

Carta A Uma Amiga
Sergio Pinheiro Lopes


Amigo seu,

realmente sou,
digo da tristeza
de ler o que escreveu,
de receber o que mandou.
Ligas para um,
ligas para outro.
Um dormiu,
outro não pode,
então “catou” um na anete.
Que pena,
que coisa mais triste,
seu pulso e impulso.
A mim parece outra espécie, a sua,
não compreendo fazer amor sem amor,
é comer sem apetite,
prato de ânsia e agonia,
comida sem sabor.
Uma atração,
a partir de um olhar,
de um roçar, do olho no olho –
estranhos na noite.
Mais para beef tartar do
que para caviar, dá para aceitar,
ver que da atração, da química,
pode nascer um calor, uma possibilidade
de um amor.
Seu virtual é sem virtude,
sua recompensa não tem valor,
eu, por um, não quero parte nem abrigo
nesse seu horror.
Nem imagino a aposta,
sei muito bem quem é o perdedor.
Posso ser teu amigo, paciente e antigo,
jamais seria um seu amor,
mais um na longa e triste lista
deste seu despudor.

 

Laerte



 

Ice-Cream
Louis C. K.




Ganhou o Grande Prêmio no Festival de Curtas de Aspen.
Em inglês, sem legendas.
***
It won the Grand Prize at the Aspen Short Festival.
In English, no subtitles.

 

Duas Camponesas
Two Peasant Women
Camille Pissarro
1892



 

Intervalo Comercial
Commercial Break





 

Don't Get Around Much Anymore
Peggy Lee




Peggy junto com Roberta Flack, Sarah Vaughn, Sammy Davis et al., um tributo a Duke Ellington.
1973.
***
Peggy together with Roberta Flack, Sarah Vaughn, Sammy Davis et al., a tribute to Duke Ellington.
1973.

 

Yukata
Martín Crespo




Curta paraguaio.
Legendas em inglês.
***
Paraguayan short.
English subtitles.

 

Afro Mood – Burlesque
Amalia Aguilar




Talvez pudesse ter sido visto no Tropicana, in Havana, pré-Castro.
***
Maybe it could have been seen in the Tropicana, in Havana, pre-Castro.

 

Poemas 117
Poems 117


Mar Português

Fernando Pessoa

Ó mar salgado, quanto do teu sal
São lágrimas de Portugal!
Por te cruzarmos,quantas mães choraram,
Quantos filhos em vão rezaram!
Quantas noivas ficaram por casar
Para que fosses nosso, ó mar!

Valeu a pena? Tudo vale a pena
Se a alma não é pequena.
Quem quer passar além do Bojador,
Tem que passar além da dor.
Deus ao mar o perigo e o abismo deu,
Mas nele é que espelhou o céu.

21.9.07

 

Cotidiano
Maurício Ricardo



 

La Habana
Bobby Carcasses &
Roberto Fonseca

1998



 

O Monastério
L'Hermitage
Camille Pissarro
1868



 

Lucho Bermudes & Matilde Diaz




O melhor da velha Cuba.
Na televisão colombiana. Truncado.
Infelizmente só um gostinho.
***
The best of old Cuba.
In Colombian television. Interrupted.
Unfortunately just a taste.

 

Intervalo Comercial
Commercial Break



 

The Day Of Wrath
Cristobal Cohen




Curta chileno.
Em espanhol com legendas em inglês.
***
Chilean short.
In Spanish with English subtitles.

 

Rhumboogie
The Andrew Sisters




Primeiro filme delas: Argentine Nights.
***
Their first film: Argentine Nights.

Lyrics:

All Harlem's got a brand new rhythm
And it's burning up the dance halls
Because it's so hot.
They took a little rhumba rhythm,
And they added boogie-woogie,
And-a look what they've got:

Rhumboogie.
Rhumboogie-woogie.
It's Harlem's new creation
With a Cuban syncopation -
It's a killer.

Rhumboogie.
Rhumboogie-woogie.
The native rhythm haunts you,
It's barbaric and it taunts you -
It's a killer.

Just plant you toes and both feet on each side,
Let both your hips and shoulders glide,
Then throw your body a-way back and ride.
Sing a little of
The rhumba
The boogie
The woogie
Then put them
Both all together
You have rhumboogie...

Then all together sing rhumboogie.
Rhumboogie-woogie.
Rhumboogie.
In Harlem or Havana
In Poughkeepsie or Savanna
It's a killer.
It's a killer this rhumboogie.

Rhumboogie.
Rhumboogie.
Rhumboogie-woogie-woogie-woogie-woogie.
Do-do-do-do-u-do-do-do-u-do-do-do-u.
There's nothing like rhumboogie!

 

Poemas 116
Poems 116


In View of the Fact
A. R. Ammons


The people of my time are passing away: my
wife is baking for a funeral, a 60-year-old who

died suddenly, when the phone rings, and it's
Ruth we care so much about in intensive care:

it was once weddings that came so thick and
fast, and then, first babies, such a hullabaloo:

now, it's this that and the other and somebody
else gone or on the brink: well, we never

thought we would live forever (although we did)
and now it looks like we won't: some of us

are losing a leg to diabetes, some don't know
what they went downstairs for, some know that

a hired watchful person is around, some like
to touch the cane tip into something steady,

so nice: we have already lost so many,
brushed the loss of ourselves ourselves: our

address books for so long a slow scramble now
are palimpsests, scribbles and scratches: our

index cards for Christmases, birthdays,
Halloweens drop clean away into sympathies:

at the same time we are getting used to so
many leaving, we are hanging on with a grip

to the ones left: we are not giving up on the
congestive heart failure or brain tumors, on

the nice old men left in empty houses or on
the widows who decide to travel a lot: we

think the sun may shine someday when we'll
drink wine together and think of what used to

be: until we die we will remember every
single thing, recall every word, love every

loss: then we will, as we must, leave it to
others to love, love that can grow brighter

and deeper till the very end, gaining strength
and getting more precious all the way. . . .


20.9.07

 

CPMF



 

Portrait of Jenny
Joe Lovano




 

Rua da Cerveja
Beer Street
William Hogarth
1750



 

The Prime Of My Life
Billy Eckstine




Na década de sessenta.
***
In the mid-sixties.

 

Música e Dança Africana
African Dance and Song
Lamin Kamara



 

Jazz Hot
Django Reinhardt




Pequeno filme feito em 1938-1939 como propaganda de um tour no Reino Unido.
Em inglês, sem legendas.
***
Short film made in 1938-1939 as an advertisement for a tour in Great Britain.
In English, no subtitles.

 

84715
Sebastián Musto




Curta uruguaio.
***
Uruguayan short.

 

Poemas 115
Poems 115


Injúria Secreta

Artur Gomes

suassuna no teu corpo
couro de cor compadecida
ariano sábio e louco
inaugura em mim a vida
pedra de reino no riacho
gumes de atalhos na pedreira
menina dos brincos de pérola
palavra acesa na fogueira
pós os ismos tudo é pós
na pele ou nas aranhas
na carne ou nos lençóis
no palco ou no cinema
o que procuro nas palavras
é clara quando não é gema

até furar os meus olhos
com alguma cascata de luz
devassa quando em mim transcende
a lamparina que acende
e transforma em mel o que era pus

18.9.07

 

Laerte



 

Tango
Carlos Saura




Música de Lalo Schiffrin.
***
Music by Lalo Schiffrin.

 

Floresta
Forest
Emily Carr
1940



 

Body and Soul
Joe Lovano




Phil Markowitz, piano; Rufus Reid, baixo; Billy Hart na bateria; e Joe Lovano no tenor.
Ao vivo.
***
Phil Markowitz, piano; Rufus Reid, bass; Billy Hart on drums;, and Joe Lovano on tenor.
Live.

 

As Mulheres Realmente Querem Sexo Tanto Quanto os Homens?
Do Women Really Want Sex
As Much As Men?




Ingênuo, para brasileiros ao menos.
Em inglês, sem legendas.
***
Naive, for Brazilians at least.
In English, no subtitles.

 

Um Pequeno Filme Sobre o Amor
A Short Film About Love
Tyler Smith & Josh Segovia




Em francês com legendas em inglês.
***
In French with English subtitles.

 

Sei Lá Mangueira
Elizeth Cardoso &
Zimbo Trio



 

Poemas 114
Poems 114


On the Disadvantages of Central Heating
Amy Clampit


cold nights on the farm, a sock-shod
stove-warmed flatiron slid under
the covers, mornings a damascene-
sealed bizarrerie of fernwork
decades ago now

waking in northwest London, tea
brought up steaming, a Peak Frean
biscuit alongside to be nibbled
as blue gas leaps up singing
decades ago now

damp sheets in Dorset, fog-hung
habitat of bronchitis, of long
hot soaks in the bathtub, of nothing
quite drying out till next summer:
delicious to think of

hassocks pulled in close, toasting-
forks held to coal-glow, strong-minded
small boys and big eager sheepdogs
muscling in on bookish profundities
now quite forgotten

the farmhouse long sold, old friends
dead or lost track of, what's salvaged
is this vivid diminuendo, unfogged
by mere affect, the perishing residue
of pure sensation

17.9.07

 

A Mangueira Chora


Jurandir da Mangueira
1935-2007


Mestre Russo
1963-2007


Samba do Seu Jura






Vadiando Entre Amigos - Mestre Russo


 

Laerte



 

Lonesome Lover Blues
Billy Eckstine
1946



 

Almoço
Luncheon
Gustave Caillebotte
1876



 

Post-It



 

Google Earth
Arquitetura
Architecture




Em inglês, sem legendas.
***
In English, no subtitles.

 

Massacre Seu Mundo
Slaughter Your World
Looking For Group




Curta musical de animação.
***
Musical animation short.

 

In The Cool Cool Cool of the Evening
Jane Wyman
1914-2007
Bing Crosby




Do filme Here Comes the Groom dirigido por Frank Capra.
A cena foi gravada ao vivo no set e não pré-gravada como era usual.
Foi a primeira mulher de Ronald Reagan.
***
From the fim Here Comes the Groom directed by Frank Capra.
The scene was recorded live on the set and not pre-recorded as was usual.
She was Ronald Reagan's first wife.

 

Poemas 113
Poems 113


Um Bonde Chamado Destempo
Carmem Vasconcelos


A encosta de capins invisíveis
desvela os desvarios dos meus antes.

A morte já não é futuro,
minha aldeia noutra aldeia se desvela,
eu me desvelo, pouca e escura.

Tornei-me antiga como antigo
é todo esgar desse rio esgotado
e dessas casas tornadas demasiado sérias.

Tornei-me ida,
meu tempo se desvela escorrido
no rosto dos parceiros de infância.

Tornei-me santa,
o deus imenso agora se desvela
na minha porção de amor,
porque o amei humanamente
e jamais neguei meu corpo a esta adoração.

Minha outra aldeia fica.
Sou eu a passagem.


16.9.07

 

Laerte



 

Libertango
Astor Piazzolla
Tango Argentino
Argentine Tango
Vincent Simone & Flavia Cacace



 

São Jorge e o Dragão
Saint George and the Dragon
Paolo Uccello
1460



 

Rooftops of Vienna
Joe Zawinul
1932-2007




Um dos fundadores da banda de jazz rock Weather Report.
***
One of the founders of the jazz rock band Weather Report.

 

Schizophrenic Painter
Louis Wain




O filme mostra a progressão da doença do pintor.
Estranho.
Com legendas em inglês.
***
The film shows the progression of the painter's illness.
Strange.
With English subtitles.

 

Juca Chaves e a Mídia




Em português, sem legendas.
***
In Portuguese, no subtitles.

 

Pedro Martinez &
Mauricio Herrera




Percussão cubana.
***
Cuban percussion.

 

Poemas 112
Poems 112


Bright Star
Jonh Keats


Bright star! would I were steadfast as thou art--
Not in lone splendour hung aloft the night,
And watching, with eternal lids apart,
Like Nature's patient sleepless Eremite,
The moving waters at their priestlike task
Of pure ablution round earth's human shores,
Or gazing on the new soft fallen mask
Of snow upon the mountains and the moors--
No--yet still steadfast, still unchangeable,
Pillow'd upon my fair love's ripening breast,
To feel for ever its soft fall and swell,
Awake for ever in a sweet unrest,
Still, still to hear her tender-taken breath,
And so live ever--or else swoon to death.

14.9.07

 

História
Artigo
Professor J. Vasconcelos


De 1714 até 1746, mais de 200 navios levaram do Brasil ao Rei de Portugal, D.João V e seus cortezãos o seguinte:

- 681 arrobas de ouro em pó
- 315 marcos de prata
- 12 milhões em diamantes
- 392 oitavas de diamante
- 22 caixas de ouro em obra

Verbas essas que naquela época somavam quantias fabulosas, foram utilizadas a bel prazer pela casa real em pagamentos altíssimos à curia romana para, entre outras futilidades,
- que os seus serviçais religiosos pudessem usar meias de côr vermelha;
-que o rei de Portugal fosse tratado por Fidelíssimo;
-que a capela real tivesse estas e aquelas distinções vãs;
-que fosse permitida à igreja lusitana celebrar 3 missas no finado;
-que fosse permitida à Lisboa fazer suas procissões com as pompas e ritos das realizadas em Roma

Pois bem, gastaram toda a riqueza vinda do Brasil nessas frivolidades e Portugal naufragava na penúria, sem estradas, sem escolas, sem hospitais, sem academias de ciência, etc. Com tantas despesas inconsequentes, o Rei propôs até criar impostos ao povo.
Ao Brasil, cabia apenas 120.000 cruzados.
Enquanto isso, na mesma época, as colonias americanas da Nova Inglaterra praticavam a democracia pura ( na sua forma direta) e usavam a riqueza do país para a sua construção; tinham a reclamar somente da imposição da Inglaterra sobre a obrigatoriedade de importação de manufaturados ingleses.
Realmente, quando o destino de um povo é comandado por um individuo, ou por uma familia, ou por um grupo, ou por algumas classes, não adianta recordes de arrecadação fiscal, criação e aumentos de impostos,montões de tesouro, que
- tudo será encaminhado sob os caprichos e interesses de grupos;
-a riqueza se dissipará sofregadamente
E´o caso dos governos que temos, onde o Poder está com os politicos profissionais e outros privilegiados. Criação e aumento de impostos servem principalmente a beneficios e favorecimentos dos mesmos, com remunerações absurdas, aposentadorias milionárias, viagens, mordomias, super-aviões de luxo, palacios para desembargadores, ultra-sofisticados computadores para os parasitas senadores,churrasqueira palacial ao custo de 3,8 milhões de reais, reforma milionária para o galinheiro palaciano, doações demogógicas a outros países, etc. ( um dos quais goza de rendimentos mais confortáveis do que o Brasil, pois recebe royalties da extração do petróleo; se seu povo é pobre, deve-se ao fato de que é explorado por um ditador há 37 anos no Poder, com contas bilionárias nos paraísos fiscais, tal como o fizeram seus colegas, Idi Amin, Sekou Touré, e outros tiranos ) Agora o Brasil é um país com rodovias em frangalhos, trafego aereo em colapso, sofríveis transportes públicos e portos desaparelhados para suportar as crescentes exportações, com 55,7 milhões vivendo em estado de pobreza, com uma violência inconcebivel empurrando os cidadãos a jaulas particulares, etc. ( no mês de junho de 2004, num dos Estados mais pobres da Federação, (Alagoas), com um salário minimo de R$260,00, naquela época, os desembargadores reajustaram os próprios salários para R$ 17.200,00, retroativos a 6 meses atras, proporcionando essa retroatividade um desembolso extra de 400 mil reais aos cofres de um Estado falido ).
O rei francês Luiz XIV tinha a mania de distribuir mesadas a principes e reis de outros países com o dinheiro da Nação gauleza. Quando morreu, acrescendo outras puerilidades, o resto foi aproveitado para a luxúria e farras do próximo rei, Luis XV. A única coisa positiva de todas essas asneiras, foi que prepararam o terreno para o povo francês fazer a sua gloriosa Revolução.
No Brasil, o dinheiro é desviado da infra-estrutura para a corrupção, o bolsa-esmola...
A nossa única solução, para nunca mais termos esse tipo de oligarquia, é a implantação da Democracia Pura, subsituindo de vez essa falsa democracia representativa.

 

História
Artigo
Professor J. Vasconcelos


Réplica
Sergio Pinheiro Lopes


Prezado Professor,

Embora não discordando dos fatos que elenca, teria algumas considerações a fazer a respeito do desenvolvimento das colônias americana e brasileira. Sua análise, embora correta nas conseqüencias finais da cultura política resultante em um e outro país, pareceu-me um pouco hidráulica, se permite um adjetivo talvez demasiado forte.
Li, recentemente, a biografia de D. Pedro II e Uma História dos Estados Unidos. O primeiro, um primor de bem escrito e a mim, ao menos, informou de muitas coisas que não sabia.
O segundo tem o mérito de ser um resumão da história dos EUA. Explica o essencial embora passando ao largo de muitos fatos de grande importância. Temos, entre nós, pouca literatura histórica sobre esta Roma midiática, moderna e armada até os dentes que dá as cartas (embora não todas) no mundo hoje em dia. Por conta destas leituras tenho uma visão um pouco diferente da sua quanto ao que determinou uma e outra cultura.
Enfim.
Discordo também do conceito de democracia pura.
De fato, infelizmente, e nisso o senhor tem razão, nem sempre a maioria escolhe de acordo com seu próprios interesses. Este é um preço da democracia representativa (e não tão representativa assim, já que como herança do infame Pacote Abril do Geisel, um voto do Acre, por exemplo, vale sete votos paulistas, se não me engano no número) que, ao meu ver, só é passível de uma solução histórica ao longo do tempo.
O aumento e a melhora na qualidade da educação formal e as diversas e seguidas experiências com o resultado de seus votos, educarão, aos poucos, é verdade, - a história tem um timing diferente da duração da vida dos indivíduos - a população e a tornará mais atenta à seus interesses e ao interesse da coletividade na hora de escolher seus representantes.
Como diria Galileu "Eppur Si Muove".
Os EUA, guardadas as proporções e diferenças, também viveu um longo período de falências institucionais várias, corrupção em todos os níveis, violência, crime organizado e muitas outras vicissitudes pelas quais estamos passando atualmente. E as superou e melhorou suas instituições, tornando-as mais transparentes e eficientes. Não obstante o retrógrado presidente que ora infelicita aquela nação. Ainda há muita corrupção nos EUA, mas os controles são definitivamente mais eficientes.
Mesmo no Brasil, consigo observar muitas melhoras apenas no meu tempo de vida. Muitas pioras também, é bem verdade.
Temos o fato global, ademais, embora não relacionado a regimes políticos, de que as condições objetivas de vida melhoraram em todo o planeta nos últimos cem anos (um século sendo um tempo muito curto do ponto de vista da história). Desde a taxa de morbidade por mil nascimentos, até os níveis nutricionais e de educação, melhoraram em todo o mundo, mesmo nos países africanos em pior situação.
Assim que acho que há motivos para esperança, ainda que cautelosa e tímida.

Um abraço.

 

Duas Conversas
Júlio Moreira


A primeira é mais esperada.
Um diretor de teatro e um ator falam sobre uma nova postura nos palcos paulistanos, o teatro fast-food. É isto mesmo. Naquela terça feira, o teatro em que estávamos apresentava três espetáculos: 19h30, 20h30 e 22hs.
O diretor alegava que as peças tinham que ser curtas e a companhia teatral tinha que ter vários espetáculos em cartaz para poder se sustentar. O ator citava um amigo que participava de 4 peças ao mesmo tempo. "Sinais dos tempos, mas temos que encarar, se não seremos atropelados."
Outra conversa. Desta vez em um ônibus.
Dois homens bem fortes, um deles contando que havia recebido o primeiro salário na "firma" nova e que a "firma" era muito boa, pois tinha recebido mais dinheiro do que esperava, além de vale transporte, vale alimentação e vale refeição.
Eles eram vigias, falavam mal de uma antiga empresa e deixavam claro que existe pleno emprego para quem trabalha em segurança. "É sair de uma firma e entrar em outra. Bem rápido."
Mas o que chamou a atenção foi a maneira de escolher o local onde trabalhar. As empresas de segurança fornecem vigias para vários clientes.
Eles optam por trabalhar à noite, pois "depois das 10h30, 11hs ninguém enche o saco e, a gente pode dormir sossegado." "Esperto, mas esperto mesmo, tem que ficar na hora de escolher o lugar. Esta firma é muito boa, mas tem umas empresas que não dá pra trabalhar, não. Na Pirelli nem pensar, você tem que passar a noite contando pneus e se errar é o maior B.O. Não quero saber de ficar contando, não. Não sou conferente."
O outro não deixou por menos: "A Kalunga também não dá, tem que ficar em pé 8 horas. Tem até um monte de mulher, mas passar 8 horas em pé, tô fora...."
"Bom mesmo é ficar onde estou. Onze horas, pego o meu banquinho e durmo a noite toda, até às cinco e meia. Ninguém me atrapalha."
Pois é, está cada dia mais difícil entender as relações de trabalho.
Eu que não tenho coragem pra ser segurança nem dom pra ser artista estou perdidinho.
O mundo está muito maluco. Acho que tinha que nascer de novo.
Ou pelo menos, parar de ouvir a conversa alheia.

 

Laerte



 

Ingratidão
Elizeth Cardoso
1952




Do filme É Fogo na Roupa.
***
From the film É Fogo na Roupa.

 

Retrato de uma Dama
Portrait of a Lady
Rogier van der Weyden
1455



 

Intervalo Comercial
Commercial Break




Em inglês, sem legendas.
***
In English, no subtitles.

 

Um Rato a Menos
One Rat Short
Alex Weil




Curta de animação.
***
Animation short.

 

Cuban Pete
Naruto




Mangá musical.
Com legendas em inglês.
***
Musical Manga.
With English subtitles.

 

You Better Believe It
Billy Eckstine




No Playboy Club.
***
At the Playboy Club.

 

Poemas 111
Poems 111


Poema Sobre o Vazio

Bruno Cattoni

Escrevi um milhão de poemas no tempo-espaço de uma vida

Sobram seis versos.
Afiei um milhão de facas nas pedras que se me impuseram
Sobra a estrada
Matei milhares de animais para matar minha fome
sobra um dedo de nada
Soletrei tantos alfabetos que nem mais me comunico
Sobra a palavra amor.
Expulso do tempo, ando com um estrépito de asas no crânio
Não sei qual delas é par da alma, nem quando
Erguer-se-á, pela janela dos olhos, no vento que não enxergo.

13.9.07

 

A Absolvição de Renan Calheiros



 

The Boxer
Simon & Garfunkel
1975




Com Paul Simon vestido de perú como Bônus.
Com legendas em japonês.
***
With Paul Simon dressed as a turkey as a bonus.
With Japanese subtitles.


 

O Crítico
The Critic
Arthur Dove
1925



 

Osogovka
Folklore Macedônio
Macedonian Folklore




Uma dança masculina do nordeste da macedônia.
***
A men's dance from the Northeast of Macedonia.

 

Bezerra da Silva
Ultima Apresentação (II)




Gravação em estúdio.
***
Studio recording.

 

Eles Fizeram Sapos
Fumar Até Explodirem
They Made Frogs Smoke
Til They Exploded




Curta de animação.
***
Animation short.

 

Begoo Begoo
Mohsen Namjoo




Músico iraniano de protesto.
***
Iranian protest musician.

 

Poemas 110
Poems 110


A Poison Tree
William Blake


I was angry with my friend:
I told my wrath, my wrath did end.
I was angry with my foe:
I told it not, my wrath did grow.
And I watered it in fears
Night and morning with my tears,
And I sunned it with smiles
And with soft deceitful wiles.
And it grew both day and night,
Till it bore an apple bright,
And my foe beheld it shine,
And he knew that it was mine,--
And into my garden stole
When the night had veiled the pole;
In the morning, glad, I see
My foe outstretched beneath the tree.

 

Banda Larga
Broadband


Ontem não foi possível publicar o blogue porque meu provedor de internet estava em manutenção.
Ou pelo menos foi o que me informaram.
***
It was not possible to publish the blog yesterday because my internet provider was in maintenance.
Or so they said.

11.9.07

 

Bofetada


Nesta quarta-feira ou se cassa o mandato do sr. Renan Calheiros ou se cassa a vontade da nação.
A absolvição será uma bofetada na cara do Brasil.

(Publicado no Fórum dos Leitores do OESP em 12/09/2007)

 

Terríveis Setembros
Terrible Septembers


NY - 9/11



Chile - 11/9


Para não esquecer jamais.
***
Never to forget.

This page is powered by Blogger. Isn't yours?