24.10.10

 

Início do Tempo
Marcelo Gleiser


Às vezes, a poesia surge sem querer, no meio de um texto. Vejam o poema abaixo, escondido no último parágrafo do artigo de hoje do físico Marcelo Gleiser, na Folha de S. Paulo.

Somos descendentes das
Estrelas,
Cada átomo de nosso corpo
Pertenceu,
Um dia,
A uma estrela
Que já não existe mais.

Comments: Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?