17.12.10

 

Leitura



A leitura é um esporte de contato.
É difícil, dá trabalho, e demanda esforço físico.
Mas paga bem.
Esta forma de contato tem os benefícios da conversa sem o inconveniente do tédio.
Como disse Proust, é uma "comunicação com uma outra maneira de pensar, permanecendo-se só o tempo todo, isto é, o tempo todo continuando a desfrutar do poder intelectual que se tem na solidão e que a conversa dissipa imediatamente."
A leitura, diferente da fala e da visão, não é geneticamente programada e portanto precisa ser aprendida por cada indivíduo, e este processo de aprendizado cria conexões distintas no cérebro que dependem da língua e da linguagem usada. Pessoas bilíngues que sofreram danos cerebrais em algum acidente, por exemplo, frequentemente lembram uma língua e não a outra.
O segredo da leitura é que ela libera tempo para o cérebro ter pensamentos mais profundos do que aqueles que tinha antes.
Bom é o conselho de Flaubert: "Não leia como as crianças, para se divertir ou, como os ambiciosos, para obter instrução.
Não, leia para viver."
É importante procurar aqueles que nos abrem os olhos. Ler os escritores autênticos, e então começar um novo trabalho no seu trabalho atual, curtir umas férias onde você já vive, e mergulhar num caso louco e apaixonado com sua própria parceira ou parceiro.
Porque se ontem era hoje e amanhã será hoje novamente, isso não quer dizer que tudo não seja absolutamente diferente e novo cada vez que é olhado, vivido e experimentado.

Comments: Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?