11.12.10

 

Pois é
Sergio Pinheiro Lopes



(Uma boa parte do que está abaixo li no livro do Michael Foley, The Age of Absurdity, embora eu endosse e assine embaixo. Em cima, no caso.)


Pois é.
Apenas na religião institucionalizada exige-se a conformidade passiva.
Na iconografia o Cristo está sempre submisso e o Buda quieto.
Mas foi Jesus quem disse: "Não vim para trazer a paz, e sim a espada", e as últimas palavras de Buda foram: "Lutem persistentemente".
São os seguidores que transformam a fé em ritual, as idéias em dogma.
Os fundadores vão à luta, os seguidores ficam em casa.
Os fundadores são atormentados pela dúvida, os seguidores se acomodam na certeza.
Os fundadores buscam autoridade, os seguidores o poder.
Os fundadores atraem e convencem, os seguidores confrontam e coajem.
O homem que vive e não luta está perdido.
A busca É o Graal.

Noventa e dois dias, cento e quarenta reuniões e duzentas e oitenta horas.
Minha filiação e prática na auto-escola do auto-conhecimento.
Sou membro desta irmandade, desta sociedade anônima, há três meses portanto.
Não poderia ter feito escolha melhor.

A busca é por responsabilidade pessoal, autonomia, desapêgo, entendimento, atenção, transcendência, aceitação das dificuldades, luta incessante e consciência constante da morte.
Sobreviver é lutar.
A luta não é apenas difícil, mas o objetivo é obscuro.
O problema é a tendência de lutar pelas coisas erradas, especialmente copiar aqueles que fazem sucesso no mundo. O ser humano é um mecanismo de busca muito poderoso e sofisticado, mas muito fraco na escolha de parâmetros de busca ou na avaliação de resultados.
Então quando a busca traz maus resultados, há uma tendência a acreditar que a alternativa é não lutar, não buscar. Que a resposta é ficar numa praia besuntado de bronzeador, esperando o mundo acabar.
As mesmas perguntas e dúvidas milenares ainda vão aparecer nas FAQs de D-us, nas Perguntas Frequentes do website divino, se e quando Ele tiver tempo para isso.
A resposta está em todas as filosofias desde que o macaco adquiriu consciência.
Quando muitos guias recomendam o mesmo restaurante, é lá que você deve ir almoçar.

É sobre isso o poema abaixo.


Comments: Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?