8.7.11

 

O Templo de Janus
Sergio Caxig


É raro o fechar das entradas do templo de Janus.

Os dois rostos do deus,

Um mirando o Passado,

O outro o Futuro,

Falam de guerra.

A paz como Presente constante.

Somente assim

Cerram-se as portas do templo,

E os rios da vida podem correr serenos.


Comments: Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?